Paginas

Receba nossas atualizações

sexta-feira, 11 de novembro de 2011

Movimento sem causa = Baderna.



 Boa noite a todos.
Primeiramente gostaria de me desculpar pela ausência aqui do blog, mas como um futuro biólogo, estava em uma das piores fases da formação de qualquer profissisonal. O TCC..
Mas agora que consegui adiantar (E muito ) este tão assutador momento, estou de volta para continuar a manter todos informados a respeito do nosso movimento a favor da valorização do biólogo.


E aproveitando o ensejo, quero pedir licença a todos para no post de hoje, deixar expresso alguns pesamentos e ideias a respeito dos tais "movimentos" que temos tido ultimamente, em especial o mais recente. "O Movimento a favor da hipocrisia" (pois no meu pontode vista, é como eu vi toda esta baderna expressa na USP nestes ultimos dias).

Às vezes me pego pensando por quanto tempo mais as pessoas vão ficar presas a chavões do passado como justificativas para atos de alienação coletiva.

Creio que um movimento só é valido a partir do momento que este tenha como base princípios morais e éticos que não venham a prejudicar aqueles não por vontade própria não são favoráveis às ideias propostas.

Todos têm direito de protestar contra algo que, de acordo com seu ponto de vista não esta certo e isso esta garantido na nossa constituição "o direito de se expressar". Contudo muitos passam por cima de tudo acreditando fielmente que ainda estamos em uma ditadura militar onde nossos direitos básicos não são respeitados, e utilizando-se destes pensamentos retrógrados para incitar a violência e o caos usando como mascara a ideologia poética dos anos 60.


As pessoas não entenderam ainda que um "movimento" (coloco entre aspas, pois a palavra movimento esta na moda) só é valido se ele for realmente representativo para todos dentro de uma sociedade. Reforma agrária, sim claro, esta demorando ate demais para acontecer. Mas este fato não justifica invasões a áreas produtivas. Porque invadir fazendas de 130 hectares no interior de Pernambuco e não invadir uma fazenda não produtiva (grilagem) de 4,7 milhões de hectares no Pará? Comodidade talvez? Ou apenas e simplesmente politica?
Reivindicar melhoras na segurança dentro da universidade, perfeito.c Uma melhor qualidade de ensino e professores mais valorizados, apoiado.  Ou melhor, uma paralização geral de professores, alunos e pesquisadores da universidade para solicitar melhores salários, apoio às pesquisas e investimentos em geral.. Uhuuuu... Assino em baixo.Agora, invadir prédios públicos, quebrar tudo, tomar todas simplesmente porque alguns "desajustados" foram devidamente detidos por porte de entorpecentes ai já é demais.

 Não é assim que se da inicio a uma revolução meus amigos.

"A frase revolucionária é a repetição das palavras de ordem revolucionárias sem ter em conta condições objetivas, as mudanças provocadas pelos mais recentes acontecimentos, a situação do momento. Palavras de ordem excelentes, que estimulam e embriagam, mas desprovidas de base sólida, tal a essência da frase revolucionária" ( Lenine.)


Como disse anteriormente, desculpem por sair um pouco do foco do blog, mas é que já estou cansado de falsos revolucionários e hipócritas que ao invés de aproveitarem a oportunidade de absorver a maior quantidade de informações possíveis dentro de uma universidade, ficam inventando falsas guerras como forma de diversão.

Por isso meus amigos biólogos, vamos fazem um movimento sério hein..
Nada de sair criando bombas biológicas ou invadindo laboratórios tá. rsrsr

Nosso movimento tem uma causa, um objetivo extremamente nobre, que é o de mostrar a sociedade a real importância da nossa profissão para o desenvolvimento do nosso pais. O nosso potencial e consequentemente nosso total apoio ao crescimento cientifico do Brasil perante o mundo.
E para que isso aconteça, precisamos de subsídios adequados como melhores salários, maior apoio dos órgãos governamentais a pesquisa, entre muitas outras que outras classe possui e que também deveríamos ter por direito.

Vou terminando por aqui e espero que continuem a divulgar nossa lista.. Já estamos a quase 10.000 assinaturas, logo mais teremos novidades.
Abraços e bom feriado prolongado a todos 


Obs.: Este é meu ponto de vista a respeito desta "minoria" que faz uso de palavras de ordem por uma causa que perante a sociedade ainda é extremamente inaceitável (O uso de drogas ilícitas). 
A USP tem aproximadamente 100.000 pessoas entre alunos professores, pesquisadores e funcionários em geral, e em momento algum quero levar esta questão ao modo generalista e sim aos poucos envolvidos em tal baderna e que leva a lama o caráter de nós estudantes perante a sociedade.

8 comentários:

  1. Caro Ilberto, concordo plenamente com vc no que diz respeito aos objetivos verdadeiros do que tem acontecido na USP. Para mim, militantes verdadeiros são aqueles que pintam a cara e vão às ruas em marcha, lutando por algo realmente válido e para o bem comum. Agora, estudantes que ocupam a reitoria, mascarados, para mim não passam de covardes e rebeldes sem causa. Claro que não quero generalizar. Tem muita gente que pensa no real sentido do verbo. Mas pelo que tenho visto em pesquisas, a maioria dos estudantes é a favor da presença de PMs no campus, principalmente depois do ocorrido com aquele estudante assassinado. Os que não concordam que me desculpem, mas isto mais me parece uma luta pelo direito de fumarem seus baseados em paz.
    Grande abraço, e parabéns pelo post!!
    Liah.

    ResponderExcluir
  2. Pois é Liah..
    Lutar por um ideal é valido, porem lutar por algo banal é perda de tempo..
    Obrigado pelo apoio e tenha um otimo fim de semana

    ResponderExcluir
  3. Olá,

    Tenho acompanhado o blog, também sou estudante de biologia e tento sempre estar atenta ao movimento! Porém, tenho que confesar que me decepcionei um tanto com o seu post... Pior do que pessoas que paralisam uma faculdade por algo relevante, são pessoas que espalham criticas sem se aprofundar realmente do que anda acontecendo... E como você, também sou pesquisadora, e vou lhe dar essa tarefa de casa: INFORME-SE! Principalmente pelas redes sociais, converse com alunos da USP... Só pra dar uns toques, se você não sabe, o reitor da USP andou privatizando vários setores dentro da mesma, e usou a desculpa dos três alunos fumando machona no estacionamento para reforçar o número de policias dentro do campus e assim conter as manifestações CONTRA a privatização! Não acredite no que a globo entre outros dizem... Se informe direto da fonte e não especule sobre o que você realmente não sabe! Mais feio do que biólogo que apoia causa sem sentido, é aquele que critica sem saber... Fica a dica ;)

    ResponderExcluir
  4. O movimento da USP é uma vergonha! E não interessa, pq em vez de fazer provas e estudar ficam destruindo o patrimônio público. Agora qrem dar uma de : o reitor q é o problema. Faça-me rir!

    ResponderExcluir
  5. Bem Laila, primeiramente boa tarde e obrigado pela dica. Fico feliz em saber que todos estão acompanhando o blog e discutindo de uma forma sadia os assuntos que hoje em dia interferem e muito em nosso desenvolvimento como estudantes.
    A privatização de alguns setores da USP já vem sendo tratada e negociada desde 2009 com previsão para ate 2014. Frequento há muito tempo as dependências da USP, tenho vários amigos estudantes de lá e posso lhe dizer que no meu ponto de vista, já passou da hora de privatizar alguns setores sim.
    É um total descaso, má vontade e falta de respeito de alguns funcionários (não vou generalizar, pois não é justo) por terem a certeza que não poderão ser demitidos por se tratarem de servidores públicos. E muitos faz uso deste recurso para ganhar notoriedade politica (partidos de esquerda)organizando paralizações com acerteza de que nada acontecerá. Não vejo problema algum em privatizar alguns setores públicos, não só na USP como em outros órgãos de pesquisas governamentais, pois todos nos sabemos como a morosidade do setor publico impossibilita o total desenvolvimento cientifico de nosso país.
    O desenvolvimento academico não necessariamente se dá pelo fato de ser um orgão publico ou privado e sim pelo investimento empregado por estes orgãos aos trabalho apresentados por pesquisadores. Mesmo assim, agradeço por se manifestar, e espero que continue a dar sua opnião sobre os assuntos postados aqui tá ;)

    ResponderExcluir
  6. E porque eles não podem lutar para fumarem seus baseados em paz? Eles apenas querem que a polícia faça o papel de polícia e prendam os bandidos que roubam e assaltam na cidade universitária, não perder tempo e prender quem gosta de fumar um basedo, e a liberdade cadê? As pessoas se enchem de drogas das drogarias, restaurantes, supermercados, televisão, criam o tráfico e o comércio ilegal ao criminalizar e provocam a falência do sistema penitênciario por uma política proibicionista insustentável. Abram os olhos amigos, vocês são tão iludidos quanto qualquer um... O uso da canabis existe a 10.000 anos, a constituíção federal há 23, será que não está na hora de discutirmos o que realmente importa. Queram acabar com o tráfico e com as mortes decorrentes deles ? queram ver bandidos de verdade na cadeia ? Então pensem,tb não concordo 100 % com o movimento, mas isso pode ser o início de uma discussão necessária !!

    ResponderExcluir
  7. Boa tarde Roberto, tudo bem?
    Obrigado por manifestar o seu ponto de vista, pois isso é muito importante, tendo em vista que somente assim poderemos ter discussões feitas de forma clara e passiva.
    Como eu disse no texto citado acima "Todos têm direito de protestar contra algo que, de acordo com seu ponto de vista não esta certo e isso esta garantido na nossa constituição "o direito de se expressar".
    Contudo, para isso não vejo a necessidade de atos de vandalismo contra patrimonio público.
    Quando você fala que eles querem que a policia faça o papel deles e prendam bandidos que roubam e assaltam dentro da cidade universitária, esta dizendo que ela deve seguir os preceitos estipulados dentro do nosso código penal. Tendo em vista que ate o momento o uso ou o porte de Canabis é considerado crime de acordo com a lei 11.343. então eles estão fazendo extamente o que nós contribuintes esperamos que eles façam que é cumprir as leis não é. Mas sinceramente, isso não vem ao caso pois o fato é de que em nada se justifica os atos cometidos por aquela minoria pois o restante dos alunos e profissionais do campus não podem ser prejudicados por uns dois o tres que pensam ser revolucionarios da nova ordem mas que no final de um dia de atos "Rebeldes" entram em seus carros blidados com motoristas e voltam para o conforto de suas casas imensas nos jardins.
    E isso é fato.

    ResponderExcluir
  8. Beto, realmente de tudo o que se possa 'jogar a culpa' não irá justificar de forma alguma a postura que os estudantes tiveram!!! Os maiores prejudicados são os alunos que querem realmente estudar e ser alguém no futuro.. Funcionários...

    Parabéns pelo blog e seus post feito com clareza e domínio!

    Sucesso Sempre na sua carreira de Biólogo!

    Bjos =*

    ResponderExcluir