Paginas

Receba nossas atualizações

sábado, 10 de setembro de 2011

Novo formato da lista de assinaturas

34 comentários:

  1. Não é possível vermos a quantidade de assinaturas já feitas, é possível colocá-las atualizadas automaticamente? Grato.

    ResponderExcluir
  2. Seria mesmo bem bacana se você conseguisse inserir um contador de assinaturas na página :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sou Biólogo
      Preciso de seu apoio

      #juntossomosmaisfortes

      Candidato a Deputado Federal
      Professor FRIZI 4399
      Partido Verde

      Abraços

      Excluir
  3. Boa noite.
    Devido aos inumeros pedidos, estou analisando a possibilidade e a melhor forma de inserir um contador de assinaturas.
    Muito obrigado a todos pelo apoio e ideias para melhorias do blog.
    Vamos em frente Biólogos.. :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sou Biólogo
      Preciso de seu apoio

      #juntossomosmaisfortes

      Candidato a Deputado Federal
      Professor FRIZI 4399
      Partido Verde

      Abraços

      Excluir
  4. Valeu pela inaciativa. Desejo sorte a todos os biólogos. Aqui nesse país não se consegue nada sem luta. Proponho ainda, que o tempo de trabalho no mestrado e doutorado seja contado como tempo de serviço pra aposentadoria, inclusive com recolhimento do INSS por parte das agências de fomento, pois quase sempre não é possível conciliar um emprego paralelo com as atividades do mestrado e doutorado. Dois anos pra terminar um mestrado em ritmo estressado, mais uns três ou quatro anos pra terminar um doutorado é um tempo considerável, em torno de 5 ou 6 anos. No fim das contas, aluno de pós-graduação sai mais velho e nem sempre empregado.

    Um abraço a todos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sou Biólogo
      Preciso de seu apoio

      #juntossomosmaisfortes

      Candidato a Deputado Federal
      Professor FRIZI 4399
      Partido Verde

      Abraços

      Excluir
  5. Muito obrigado pela iniciativa. Assino principalmente pela criação da definição das competências exclusivas dos Biólogos. Como profissional, sinto que há competências que são subestimadas por diversas empresas. Estas muitas vezes subtituem o Biólogo por Gestores Ambientais por exemplo. Nada contra os profissionais citados, nem contra qualquer outro, mas, um Biólogo, ou vive de dar aulas com sub-salários, ou pega essas merrecas para ainda exercer a profissão que escolheu. A realidade é que muitos estão trabalhando fora da área. Isso, com um Planeta a beira de um colapso ambiental, e, com diretrizes ambientais sendo implementadas em todos os setores por força de lei. Lamentável. Seis anos de formado, e, dou aulas como bico, e minha principal fonte de renda não é um trabalho de minha área de formação. Como muitos, ainda tenho que justificar porquê formei em Ciências Biológicas, e, aguentar olhares e comentários de desaprovação como, se esta profissão que escolhí fosse uma mal escolha; uma profissão "que não dá em nada".

    ResponderExcluir
  6. Bah, nem tinha pensado nisso antes, mas concordo com o que o Bruno falou. Seria interessante que nossos trabalhos em mestrado e doutourado contassem para a aposentadoria.

    ResponderExcluir
  7. Valeu demais a iniciativa, vou divulgar nas minhas listas de contato, e que novas reividicações ganhem espaço para discussão!

    ResponderExcluir
  8. Poxa, já que se tocou no assunto de pós-graduação (Bruno), seria muito bom também se o movimento ganhasse força para lutar para um aumento do valor da bolsa. Com o aumento poderíamos dedicar mais, ao invés de buscar outras fontes de dinheiro durante um período tão desgastante de nossas vidas (pós-graduação).

    ResponderExcluir
  9. Olá, já existe uma petição para aumentar o valor das bolsas de pós-graduação.
    Segue o link:
    http://www.peticaopublica.com.br/PeticaoVer.aspx?pi=anpg

    ResponderExcluir
  10. Duas sugestões: uma, relacionada à que o Bruno fez acima. Proponho que além do tempo do mestrado e doutorado, que o tempo "perdido" num (ou vários) posdoc também deveria contar para aposentadoria. Moro fora do Brasil desde que terminei a graduação. Pelo menos nos EUA, é um requisito cada vez mais comum que se tenha experiência como posdoc; há muita gente que fica como posdoc por muitos anos, antes de conseguir um emprego acadêmico.

    Outra sugestão: para quem trabalha como taxonomista, a maioria dos projetos acham que se pode identificar bichos e plantas de graça, e mesmo projetos de pesquisa não incluem uma receita para pagar pelo tempo dos taxonomistas. Não sei se no Brasil a situação está melhor nessa área, mas por aqui, todos acham que taxonomistas podem trabalhar de graça (já imaginou um advogado, médico, ou engenheiro fazendo o seu trabalho sem remuneração?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tens toda razão e duvido que o conselho federal de biologia esteja lutando para melhorar esta situação dos taxonomistas. É exatamente por causa disto que sou contra.

      Excluir
  11. Concordo com o Bruno, afinal são seis anos de estudos,incluindo mestrado e doutorado, quando terminamos o doutorado ficamos desempregados.Estudamos muito para nada?
    Vamos lutar por nossos direitos, afinal somos profissionais como qualquer outro.

    ResponderExcluir
  12. Olá vi que é obrigatório a colocação de Cr-Bio! mas acredito que a sociedade como um todo gostaria de poder apoiar este movimento!

    ResponderExcluir
  13. Pois é galera a 4 anos formada e nao tenho CRbio sabem pq?? pq nao tenho salario, enao posso pagar, na verdade nem gostaria msm, pois esse conselho esta pouco se lixando para os biologos. Hj faço doutorado na area mais da engenharia do que da biologia, pois cansei.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sou a favor de que todos biólogo pudesse se sustentar financeiramente com receitas provindas de trabalhos técnicos ou através de aulas e concursos que não tivessem biólogo como título da profissão. Na verdade, em um trabalho de consultoria, se você não é o responsável por assinar ART não tem de prestar conta nenhuma ao CRBIO. Não vejo o CRBIO lutar pelo aumento das bolsas de pós graduação, dos salários dos biólogos e o nível de desemprego ou empregos não formais na categoria continua alto, então para que pagar este inútil conselho? O que acontece mesmo é pressão psicológica dos membros do conselho em cima dos recém formados, ou mesmo de graduandos, ainda estudantes, para se registrarem e pagarem uma anuidade de que não ainda necessitam (e nem saber se vão precisar futuramente). Esses intimidadores chegam mesmo a invadir os ambientes dos congressos das áreas biológicas e fazer pressão para que os nem ainda biólogos se registrem. Temos que extinguir este conselho no Brasil e criar sindicatos mais a par das reais necessidades dos biólogos, que são os baixos salários, especialmente na área de consultoria e certos empregadores achando que certas áreas da biologia trabalham de graça, a exemplo dos taxonomistas.

      Excluir
  14. Gostaria de deixar o meu comentário sobre o CRBio. Como ja foi comentado aqui, ñ vejo nenhuma ação por parte do CRBio para melhorar as condiçãões de trabalho do biólogo. Já que todos os profissionais da biologia são obrigados a pagar a anuidade do conselho para poder exercer suas funções, é justo que seja cobrado deste conselho alguma ação em beneficio da classe!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sou Biólogo
      Preciso de seu apoio

      #juntossomosmaisfortes

      Candidato a Deputado Federal
      Professor FRIZI 4399
      Partido Verde

      Abraços

      Excluir
  15. Valeu pela iniciativa, vamos todos juntos, tô nessa.

    ResponderExcluir
  16. Os CRBIOs deveriam criar um sistema com maior agilidade para registros de ARTs, visto que não dispõe de Regionais em todos os estados Brasileiros.
    Os Conselhos, deveriam ainda, atuar mais intensamente na defesa da atuação do Biólogo, principalmente no que diz respeito ao Licenciamento Ambiental Rural ou CAR, que em muitos estados têm sido impedidos de atuar por força dos conselhos de engenharia.
    Afinal, pagamos o registro para isso.

    ResponderExcluir
  17. Se possível seria interessante a visualização do nome e do local de quem já assinou a lista. Poderia ser só o primeiro nome e o estado (UF) para proteger a privacidade de quem assinou. Grato.

    ResponderExcluir
  18. Ola sou a favor da valorização do biologo , hoje em dia qualquer pessoa que faz faculdade de ciencias ja sai dizendo por ai que é biologo os conselhos deveriam obrigar as pessoas que se formarem em biologia a se filiarem .

    ResponderExcluir
  19. Só tem uma explicação para a existência dos conselhos regionais e federal que não atua, só serve de cabide de emprego para as pessoais de interesse e uma forma de se projetar politicamente.
    Ajudar a classe só esta no papel, pois na realidade o conselho esta adormecido, mas fica sem pagar a anuidade pra ver como eles acórdão.
    ISSO É UMA VERGONHA.

    ResponderExcluir
  20. Essa ideia eh mto boa, mas precisa de uma força maior...
    Acho q seria o caso dos estudantes se mobilizarem em cada universidade, assim como pretendemos fazer aqui na UFPR.

    Neste caso, sugeriria uma página só para o abaixo assinado, onde as reivindicaçoes estivessem mais formalizadas...

    Acho q assim o movimento ganharia mais força! Um abaixo assinado no estilo das ONGs e etc...

    Abraço

    ResponderExcluir
  21. Infelizmente nossa profissão não é valorizada no Brasil,sem contar que mesmo um estágio remunerado para estudantes é dificil.
    Em apenas dois meses de pesquisas na internet consegui estágios no Texas e em Portugal,mas como sou recém formada tenho que ficar como estagiaria,mas ainda assim seria melhor que um emprego como bióloga no Brasil.Quando falo da situação dos biólogos aqui no Brasil para meus amigos estrangeiros,eles não acreditam!!
    Espero que essas assinaturas nos ajude em algo!!
    Boa sorte pra todos nós...

    ResponderExcluir
  22. Pois é pessoal, esse movimento realmente é muito importante, pois biólogos nos Brasil não tem nenhuma valorização. Mas esse movimento tem que ser fortalecido cada dia mas, por isso, acho que devemos conclamar a sociedade como um todo para nos apoiar.

    Abrir a votação para quem quiser nos ajudar em busca dessa tão sonhada valorização.

    Quanto ao CRBio, acabei de terminar o meu doutorado e ainda não arrumei nada para fazer, estou em busca, e até hoje não fi o meu CRBio por falta de dinheiro para pagar o absurdo que é essa anuidade, sem obter nada em troca.

    Abraço e boa sorte a todos nós biológos

    ResponderExcluir
  23. O movimento ainda está ativo? Quantos já assinaram? Há alguma ação mais recente?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sou Biólogo
      Preciso de seu apoio

      #juntossomosmaisfortes

      Candidato a Deputado Federal
      Professor FRIZI 4399
      Partido Verde

      Abraços

      Excluir
  24. Também gostaria de saber se o movimento está ativo.

    ResponderExcluir
  25. Esse formulário ainda está valendo? O que aconteceu com as dez mil assinaturas? Quero saber se o movimento ainda está ativo, o como reativá-lo!

    ResponderExcluir